Oferece ao Teu Filho a Tua cura

O melhor presente que podes dar ao /à Teu/Tua Filho/a é curares-Te!
Precisamos de nos curar de todos os padrões que herdámos em relação a nós, aos Filhos, ao trabalho, à sociedade, à Vida.
Precisamos de nos curar das ideias que herdámos relativas à parentalidade.
Acreditas mesmo que o teu papel enquanto mãe/pai é o de disciplinar o teu Filho? Achas que deves prepará-lo para ter sucesso? Pensas que deves ensiná-lo a ser alguém? Achas que a tua função é corrigi-lo? Acreditas que as regras que herdaste e simplesmente não questionaste lhe devem ser incutidas? Pensas que as coisas são assim porque também passaste por elas e não morreste?
Perdoa-me a frontalidade…
Que visão tão limitada e limitadora!
O Teu Filho é um Ser Sagrado que merece respeito, proteção e amor! Não está aqui para que o moldes. Não está aqui para que o ensines a Ser. Não está aqui para ser preparado para nada que tu acredites que existirá no futuro. Não está aqui para fazer, fazer, fazer. Não está aqui para atender aos teus caprichos. Não está aqui para ser um recipiente para as tuas frustrações. Não está aqui para cumprir os teus sonhos não cumpridos.
O Teu Filho está aqui para Ser! O teu Filho já é! O Teu Filho é pura Luz, puro Amor! Reaprende com Ele a Ser! Ele espelha-Te a todo o momento!
O teu Filho é! O Teu Filho é! O Teu Filho é!
Se queres mudar o Mundo, começa por Ti!
Cura-Te de tudo o que herdaste, sem descarregar no Teu Filho!
Como Mãe/Pai que és, acredito que ames muito o Teu Filho! Acredito que estejas a fazer o melhor que podes/sabes! Acredito mesmo!!!!!!
Digo muitas vezes à minha Filha:
– Sabes que a Mamã faz o melhor que sabe, não sabes?

Não sou (MESMO) perfeita!
No entanto, em nome da Paz e do Amor, faço permanentemente o meu trabalho interior, a fim de não perpetuar a dor e os padrões nocivos que herdei.
O convite que Te faço é o de olhar para dentro e questionar tudo o que pensas acerca da parentalidade e do Teu Filho. Acredita que vais perceber que é um padrão que nasceu em algum momento específico e nada mais é do que um padrão.
Questiona tudo!
Cria novos padrões, mais alinhados com a essência! Regressa a Casa!
Reconecta-Te com a Tua essência! Reconecta-Te com a Alma do Teu Filho!

Tu consegues!!!!!!!
Estamos juntos!

PS: um recado aos Avós (vizinhos, primos, tios, professores, …) que assistem a estas modernices da parentalidade consciente: Confiem nos vossos Filhos! Eles sabem o que estão a fazer! Agradeçam-lhes, antes, por estarem a cuidar tão bem dos vossos netos (sobrinhos, vizinhos, primos, alunos, …) e, consequentemente, a criar um Mundo mais pacífico e amoroso! Se sentirem o chamamento, curem-se também. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *