De Menina a Mulher

Quem me viu e quem me vê…

Recordo hoje a Menina frágil, assustada e insegura que já fui. Não foi há muito tempo, mas parece que vivi e vivo vidas diferentes. Incrível como, quando mergulhamos em nós, profundamente comprometidas com a nossa cura, regressamos, passo a passo, a Casa.

Já aqui falei do meu processo de cura. Começou com a doença que supostamente não tinha cura, mas que me levou à cura – o TOC, ou Transtorno Obsessivo Compulsivo. Falei dela aqui .
Na altura, recorri à medicina tradicional, bem como à chamada “alternativa”. Pelo meio, dei um salto de fé: o GayaCircle. Abençoado o momento em que saltei! Tinha ido à consulta de Psiquiatria em agosto, altura em que me foi diagnosticada a doença. Iniciei o GayaCircle em janeiro. Voltei à consulta de psiquiatria em março. Essa seria a última. Senti logo. Lembro de estar tão diferente que a Psiquiatra anotou o nome da Inês Gaya e do GayaCircle numa folha para poder indicar a outras pacientes que tivessem o mesmo perfil que Eu.

A partir do GayaCircle, como podes sentir, tudo mudou na minha Vida.

Passei por um processo profundíssimo. Senti todas as dores acumuladas/reprimidas no meu campo energético/emocional. TODAS! Se doeu? Muito! Se valeu a pena? TANTO!
Hoje, respiro profunda e levemente! Voltei a ser profundamente feliz! Conheci o verdadeiro valor da Irmandade! Resgatei o meu poder pessoal! Como diz uma Irmã de Alma, “Estás crescida, Cíntia! Eu vi-te crescer! És uma Mulher forte! Mas não é aquela força que se conhece. É uma força que vem das profundezas!”. Dias antes, tinha-me olhado no espelho e verbalizado, num momento desafiante, “Estás crescida!”

É exatamente isso que sinto.

Foi exatamente isso que fui beber ao GayaCircle.

O GayaCircle 2020 já abriu as portas para inscrições. Vê tudo aqui .

Se sentes o chamado para curar a Tua linhagem, curar padrões ancestrais, resgatar o teu poder pessoal, conhecer o verdadeiro sentido de Irmandade, e tantas outras coisas, convido-Te a entrar no círculo.

Juntas, estamos a parir a Nova Humanidade!

O que bebes na “minha” arte é, também, o germinar de uma semente do GayaCircle.

 

PS: Este é apenas o meu sentir pessoal de algo que transformou absolutamente a minha Vida! O Teu processo é o Teu processo. Só Tu podes curar-Te. Para Te curares, necessitas de sentir tudo o que mandaste para baixo do tapete. Deixar doer. Cicatrizar. Renascer.

 

Aho!!!!!!!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *